Sexo Oral

Não quero que te curves para mim…
Não quero ir aos recônditos onde te recolhes em solidão.
Não quero que me assedies de forma insistente e erótica,
se me recolho em local secreto, íntimo…
Não quero visitar lugares ínfimos para te ver existir.

Quero me aproximar de teu peito, e
meu suspiro despertar em ti um ritmo forte e louco!
Quero que voes à janela dos olhos, e
só assim consigas o necessário ar.
Quero que mantenhas os olhos fechados,
a tempo de desfrutar a sensação um pouco mais…

Quando, os olhos abrir, devagar, me banharás,
com doce e intenso brilho,
feiticeiro, extasiante a me devassar…
Enquanto lassa toco teu peito… fofos pêlos
que em delícia, meus dedos passeiam
com teu ritmo a me embalar.

Teus lábios…
aos poucos mostram pérolas,
que eu tento tocar, com o olhar,
tomado pela capacidade de imaginar…

Proximidade, aroma sedutor, um convite
a te enlaçar, parte do meu lar,
espaço em que adoro me deleitar…

Com um abraço amável, cheio de calor e entrega,
nossos corpos já ofegantes, pressentem prazer e
aliam-se cada vez mais…
O amor desperto, em todos os nossos poros
nos conduz e nos toma…

Não há palavras capazes de representar o amor
soberbo, que experienciamos, vivenciamos
a chegada de um deus a porta da sala de estar…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: