O Futuro Roubado

06/06/2003

O público que assistiu à vídeo-palestra do documentário “O Futuro Roubado”, produzido pela BBC de Londres, ficou avestruz e girafachocado com as informações divulgadas. O filme foi exibido dia 6 de junho, em Campo Grande (MS), durante as comemorações da Semana do Meio Ambiente e atualmente é divulgado apenas em circuito fechado, principalmente entre pesquisadores, cientistas e Ongs. O documentário relata e acompanha estudos científicos que demonstram como contaminantes como os pesticidas da classe “organoclorados”, detergentes e componentes de embalagens plásticas causam sérios problemas ambientais e de saúde na população. A palestra e debate teve meadição da engenheira química com doutorado e pós-doutorado e professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Sonia Hess.

Os estudos científicos e testes em laboratório registrados pelo documentário provam que substâncias chamadas estrogênicas, que imitam o efeito do estrógeno (hormônio feminino) no organismo humano afetam a reprodução e a saúde de animais e seres humanos. Pesticidas como o DDT, detergentes e todas as embalagens plásticas possuem estas substâncias. O mais alarmante é que os estrogênios contaminam alimentos acondicionados em embalagens plásticas ou em latas com revestimento interno plástico. De cada 10 latas com… alimentos revestidas internamente por plástico, 7 apresentaram contaminação e todos os alimentos embalados em plástico testados estavam contaminados.

Nos seres humanos do sexo masculino as substâncias estrogênicas como o Bisfenol A (presente nos plásticos e também em resinas e selantes amplamente utilizados no tratamento odontológico, principalmente em crianças) e os Ftalatos (presentes nas embalagens plásticas) afetam os testículos, diminuindo seu tamanho em até 20%, e diminuem a produção de espermatozóides. Nas mulheres, cresce o risco de desenvolvimento de câncer de mama. Em um dos testes divulgados pelo filme, as mulheres que viviam em condições de exposição de cerca de 10% do pesticida DDT sofreram quatro vezes mais risco de terem câncer de mama em relação a outras mulheres que não tinham contato com a substância. Testes em animais revelaram mudanças mais catastróficas como a feminilização de peixes e o hermafroditismo com o desenvolvimento de órgão sexual oposto ao sexo do animal.

“Estamos hoje numa escala de contaminação avassaladora por causa do modelo de desenvolvimento da indústria e economia mundial. As indústrias não páram de produzir estas substâncias porque há o lucro e porque as pessoas estão gostando de comer veneno”, afirma a engenheira química Sonia Hess, que acredita que o Brasil ainda é privilegiado por ter espaço para consumo e produção de alimentos orgânicos. Mas segundo a professora, no país não existem pesquisas nem diagnósticos que possam indicar o nível e o grau de contaminação no meio ambiente e em brasileiros das substâncias estrogênicas.

DDT na água de Dourados (MS) e venenos do gás natural boliviano

Muitas das pessoas que assistiram ao documentário agradeceram a professora por estar democratizando informações tão importantes e a preocupação com o meio ambiente local também fez surgir preocupações com contaminantes nos Estados de MS e MT. Sonia Hess expressou grande preocupação com a água de abastecimento de Dourados (MS), que hoje está contaminada com DDT. A pesquisadora também alertou para os perigos da continuidade de queima de gás natural boliviano, principalmente nas termelétricas. “Até agora a gente (cientistas e pesquisadores) tem sido chamada de louca, querendo barrar o desenvolvimento de MS com as termelétricas, mas o que a população toda não sabe é que somente a usina termelétrica de Campo Grande está jogando, diariamente, toneladas de venenos sobre a gente. Recentemente descobrimos que existe mercúrio no gás natural boliviano e que este metal pesado está contaminando o ar”, disse Sonia preocupada.

Várias outras informações foram repassadas para o público, como evitar consumo de qualquer tipo de embutido (salsicha, mortadela, presunto, lingüiça etc) industrializado. “As indústrias sabem que os conservantes PVII e PVII (nitritos e nitratos), descritos nas embalagens, podem causar câncer, mas mesmo assim usam para manter a cor avermelhada e realçar o sabor. E é isso que damos para as crianças, ao acreditarmos que estes produtos têm o ‘s’ de sadios, como mostrados na televisão”, critica a professora. A tentativa do prefeito de Campo Grande, André Puccinelli, em trazer para a capital uma usina de queima de lixo também revoltou a engenheira química, que advertiu que “a usina de queima de lixo é mais perigosa ainda, já que seria muito difícil evitar a contaminação durante a queima de materiais heterogêneos, que contém até metais pesados”.

Além da necessidade de mudança nos hábitos alimentares e nos produtos consumidos, a vídeo-palestra mostra como é difícil acabar com o mercado plástico no mundo, que tem hoje grande influência econômica. “Não é possível nos livrarmos da contaminação porque seria necessário fazer uma revolução no mundo, mas como consumidores, temos de mudar essa realidade, exigir alimentos que não contenham veneno, que sejam orgânicos e cobrar de nossos representantes políticos mudanças para garantir qualidade de vida para os seres humanos”. O Futuro Roubado tem 48 minutos de duração. Uma cópia do documentário foi conseguida através da organização não-governamental Terra Viva. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail schess@nin.ufms.br , com a professora Sonia Hess.

Fonte

Agressão ao homem

Parte 1
http://www.youtube.com/watch?v=9WUJ-hmAqJg
Parte 2
http://www.youtube.com/watch?v=GCGF5GAg-lQ
Parte 3
http://www.youtube.com/watch?v=-kEPT4wDWd8
Parte 4
http://www.youtube.com/watch?v=1zQy7Pg1El4
Parte 5
http://www.youtube.com/watch?v=N251XD6nzdk

O livro “Primavera Silenciosa” de Rachel Carson 
Raramente um único livro altera o curso da história, mas Primavera silenciosa, de Rachel Carson, fez exatamente isso. Oprimavera silenciosa clamor que se seguiu à sua publicação em 1962 forçou a proibição do DDT e instigou mudanças revolucionárias nas leis que dizem respeito ao nosso ar, terra e água. A preocupação apaixonada de Carson com o futuro de nosso planeta reverberou poderosamente por todo o mundo, e seu livro eloquente foi determinante para o lançamento do movimento ambientalista. Este notável trabalho de Rachel Carson foi considerado em 2000, pela Escola de Jornalismo de Nova York, uma das maiores reportagens investigativas do século XX. Esta edição inclui um posfácio do escritor e cientista Edward O. Wilson. A introdução, da aclamada biógrafa Linda Lear, conta a história da forma corajosa como Carson defendeu suas verdades diante do ataque impiedoso da indústria química logo após a publicação de Primavera Silenciosa e antes de sua morte prematura.Edward O. Wilson é autor de dois livros que receberam o prêmio Pulitzer, Da Natureza Humana e The Ants [As formigas]. Seu livro mais recente é A Criação como Salvar a Vida na Terra. Linda Lear é a autora de Rachel Carson, Witness for Nature [Rachel Carson, testemunha da natureza]. Fonte

Anúncios

19 Respostas

  1. Trabalho com um grupo de adolescente e estou precisando trabalhar este c/ eles.Gostaria de saber como faço para adiquiri-lo

  2. Rebeca você é de que estado? Assim fica melhor para eu saber que núcleo indicar. O site para contato direto é:
    http://www.nossofuturoroubado.com.br/index.htm
    Enquanto isso, caso você queria, há vídeos disponíveis no You Tube que são da mesma linha de conscientização, fáceis de baixar que eu organizei em uma Lista, deixo o link:
    http://br.youtube.com/my_playlists?p=D82EFFEC4CA3F510

  3. Ok, já tenho indicação para o DVD – tem que deixar e-mail para eu enviar. Bjs.

  4. Olá, sou professora de química no estado do rio de janeiro e gostaria mt de obter este documentário para divulgá-lo na comunidade onde trabalho.

  5. Olá, Jeane!
    Meu nome é Sheila e também sou professora ..
    e muito curiosa …
    Tenho muitos filmes que posso disponibilizar para voce …
    Só precisa que me envies um e-mail, que te envio uma lista – bastante extensa …e aí tu me dizes quais tu tens interesse …
    Continuo pesquisando…. estou fazendo uma pós em Educação Socioambiental e gostaria muito de poder ajudar ..
    Obrigada,
    Sheila

  6. Jeane … meu e-mail
    smgrin@ibest.com.br

  7. Oi,
    Assisti em 2004 uma palestra utilizando o documentário como tema, na Unipaz de Porto Alegre. Gostaria de adquirir o documentário. Como faço?

    Atenciosamente

  8. Sabes que eu o encontrava na internet. Agora estão tirando todos os links, não sei direito o que está havendo, deve ser as questões de direitos autorais. Ele é um vídeo da BBC. Quando eu o assisti, o pessoal que tinha disse que não era mais divuldado porque a industria química obrigou a BBC a tirar do ar por meios jurídicos. O Livro: O Futuro Roubado – é encontrado na Livraria Cultura e talvez seja até mais útil.

  9. ninguem tem o filme pra baixar ai?

  10. Estou trabalhando em um projeto do qual necessito a utilização desse dvd para sala de aula. tenho como adquirir esse documentário?
    Obrigada!

  11. Sou de Agronomica SC, trabalho com o programa saude da familia. Como faço para obter informações de onde posso adquirir este filme?

    • Olá Telma, estou em contato com um pessoal que possivelmente tem. Você quer mandar seu endereço eletrônico para o meu e-mail? Assim posso avisa-la, quando estiverem disponível.

      • É possível me conseguir uma cópia, ou endereço onde eu possa consegui-la?

        Agradeço muito.

  12. Consegui contato com as pessoas que podem conseguir. Por isso, peço a gentileza de enviarem seus e-mails de contato para o meu: kuinzytao@gmail.com passarei as instruções, certo?

  13. VÍDEO EM BOA QUALIDADE – LINKS NO FINAL DO POST

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: