Veríssimo em Contra-Indicações

“Contra fel, moléstia, crime
use Dorival Caymmi.”
Contra tudo que é dark
ouça e leia Chico Buarque.
Labirintite, luto, pus?
É batata: Moacyr Luz.
Contra impulsos suicidas
leia coisas divertidas
até que a angústia estanque.
E muito, mas muito, Aldir Blanc.
A vida está dura? Zuenir Ventura.
Conta sem saldo? …João Ubaldo.
Pavor de trombose? Zizzi Posi.
Essa sensação de segundo turno,
de desânimo generalizado,
e que de alguma maneira
fizeram você de bobo?
Não esquenta: Edu Lobo.
Contra a enxaqueca,
leia Rubem Fonseca.
Contra o debacle amoroso
ouça Caetano Veloso.
Abandonado como o rei Lear?
Leia Moacyr Scliar.
Contra coriza e desdita
ouça a Maria Rita.
Contra aflição e lumbago
leia o Saramago.
Ninguém te ama, ninguém te quer?
Ouça o Charlie Parker.
Tudo é torto, tudo é tosco?
Ainda bem que tem o João Bosco.
Contra o reles,
Lygia Fagundes Telles.
Contra tudo que amola
use Paulinho da Viola.
Contra medo do Opus Dei
use Billie Holliday.
Contra qualquer tipo de crise
ouça o Mauro Senise.
E se persistir a dor
procure um médico – ou o Millôr.

Fonte (leia coluna completa no link) ZH – ClicRBS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: