Ama-se por quê…

Não porque o ser é belo. Não porque é inteligente.
Nem porque não é chato, ou, por não ser um pé no saco.
Ama-se!
Inexplicável sentimento…
Aproxima-se de nossa alma e
amolda a vida ao seu movimento.
Ama-se sem que o sentimento se justifique.
O coração tem dessas coisas,
por mais que se insista,
ele acredita que o amor irradia uma luz invisível
aos insensíveis e que ele, o coração, acolhe como real.
Real de realeza, excessiva beleza, incomensurável grandeza.
Elege alguém que pode parecer tonto, em desencontro,
que se atrapalha, que falha, que se encolhe, se esconde,
que se defende e até ofende.
E, alguém eleito desse jeito,
ganha uma alma, ganha um ser benevolente,
ganha um amor paciente e, um coração contente.
Embora o consideremos inconseqüente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: