Democracia ensina

A reflexão é necessária para os vencido

A derrota fez o Japão refletir. Uma cultura tão tradicional, reavaliou-se. Resultou no que podemos observar, uma surpreendente reação em pouco tempo, se considerarmos a história de muitas nações. Porém, alguns não fazem essa necessária reflexão.

No Brasil o recado foi bem claro, após inúmeras vezes que o povo testou Lula, derrotando-o e dando mais uma chances aos bem apessoados políticos e estudiosos, o mesmo povo colocou-se no poder através de Lula.
Muito tempo tiveram os que se consideravam donos do poder para aprender a gestar o país para todos e não o fizeram. Do que vejo, tenho quase certeza que não o pretendem fazer.
Esse caos social tenta demonstrar que não há mais tolerância para o circo. O engodo custará cada vez mais caro a todos.
Como jovens imaturos, a elite brasileira tenta eternizar suas atitudes. Não avaliam os resultados, não olham para os lados, apenas o espelho e sua agenda social.

Temos um recado, nós o povo, embora de outro partido (ou sem nenhum):

A democracia é nosso sistema de governo, ainda faz as leis. Enquanto não houver outra eleição, Lula é o nosso representante através do voto da maioria, portanto o Presidente dessa República. O fato de eu votar ou não no Lula, não modifica o RESULTADO dessa eleição. Como democrata, eu aceito, e à “elite brasileira” meu conselho — trate de conviver com a REALIDADE!

Atualmente Lula é a cara do Brasil e se você não gosta, arregace as mangas e dedique-se a ajudar a melhorar o “rosto brasileiro”. Posso dizer a você, a maioria de seus irmãos de pátria possuem uma aparência mais suada, mais assustada, mais desnutrida, menos perfumada, menos cuidada e bem mais cansada que você.

Anúncios

3 Respostas

  1. O que me aborrece é que se tem graúdo metido nisso, não é por não gostar “da cara do Brasil”, mas porque quer poder – mesmo que seja nos bastidores, ainda assim, ter lá seu quinhão de privilégios que a atual gestão não concede.

    Por exemplo, esse sujeito da Philips que está por trás do tal do movimento Cansei. Dava para fazer como outras empresas brasileiras que sabem que não é trocando de presidente que o Brasil virará magicamente um paraíso, e por isso fazem um pouco, mas fazem. Natura com a política de preservação, por exemplo. Azaléia com o incentivo à educação. E caraca, até a Globo com o Criança Esperança. ISSO é colocar a mão na massa, querer mudar.

    Agora, fazer teatrinho e chamar gente famosa para um minuto de silêncio, no qual implicitamente querem jogar a culpa de todos os males do Brasil no atual presidente, isso é ridículo (e bem, como dá para sacar rápido, beira ao oportunismo).

  2. É um aprendizado doloroso. Estamos aprendendo a encarar que não basta trabalhar suado, confiar nos que nomeamos e sustentamos para assegurar nossa saúde social. O que talvez escapou até agora e não deve se repetir, diz respeito a termos nutrido pessoas com muito pouco senso de responsabilidade e integridade. Esse pessoal só chega lá no senado, porque nós o alavancamos em nossas cidades, com escolhas ligadas a aparência. “Parece” ser bem sucedido? Não vou “perder” tempo, vou votar nele, e não na pessoa que eu conheço o caráter, a boa vontade a competência. É assim que o Philips-Cansei consegue colocar na Presidência, no Senado, um “comerciante” de seu próprio calibre.

  3. Essa gritaria vem também dos mesmos que atiram ovos das janelas dos seus apartamentos nas pessoas lá embaixo como forma de diversão…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: