Rock Progressivo

Oh mãe, o que você fazia enquanto os “Deuses do Rock” encantavam multidões?
Eu, mulher, tomava lições de: “Homens de bem com sua sensibilidade”, Aphrodite\'s Childcom o tal do rock progressivo, enquanto a sociedade no geral dirigia as atenções aos demais roqueiros.

A mulher em questão, eu, era ensinada e vigiada para conservar a pureza, que certamente me asseguraria casamento com um bom partido (coisas consideradas boas para moças de família). Ainda, naquela época, os homens eram considerados, pouca coisa melhor que animais, e em muitas, bem piores do que eles. Uma mãe consciente sabia que era uma verdade indiscutível. Não se deixava uma menina a sós com um homem, mesmo que esse fosse da família.
Muitas meninas sofriam abuso, na própria família e eram jogadas na rua, após a acusação de serem sedutoras e permissivas. Portanto, os homens sabiam que ficariam impunes ao atacar uma garota. Ela jamais contaria o que aconteceu, pois a culpa seria toda dela.

O que tem isso a ver com a música
Tudo. Enquanto alguns roqueiros davam shows e atraiam toda a atenção, outros mostravam as mulheres que o homem não era troglodita por natureza e sim por opção. Muitas de nós ao percebermos essa verdade, chorávamos convulsivamente. Não aquele choro catártico, mas aquele choro quieto em que as lágrimas saltam dos olhos. Elas não saem dos olhos, elas pulam dos olhos, um choro de profunda tristeza, por um período de ignorância, estupidez, de homens canalhas. Mesmo as drogas daquela época tiveram utilidade para nós mulheres, serviram para que aqueles brutos experimentassem um pouco do que é sensibilidade. O mundo não foi mais o mesmo, depois daquele período.

Vangelis, Loukas Sideras e Demis – Eles nos olham com cumplicidade e nós os olhamos com profundo respeito
Demis Portanto, se alguma mulher ainda colher uma lágrima teimosa, enquanto ouve Aphrodite’s Child, ela traz os resíduos da amargura de tempos atrás, tempo em que éramos prisioneiras da ignorância.
Esses caras contaram para a gente, que o homem só é bruto por escolha. Eles mostraram a nós mulheres, que um homem grande, peludo, magnético, pode ser meigo, terno, amoroso.

Hoje eles são considerados mestres de outras classes musicais. Quem não reverencia Vangelis, Loukas Sideras e Demis?! O tempo passa e eles continuam surpreendentes.
Desde essa época nós mulheres descobrimos que teríamos que mostrar aos homens o que é respeito e esquecer o conto do vigário de que “o homem é assim”. Já me disseram, que falando desta maneira, pareço ter um passado difícil, mas não tive. O que não torna menos doloroso ver outras pessoas passarem por isso.

Vemos vocês, nossos filhos, endeusando os roqueiros e permitimos
Nossos aplausos ao Rock and roll, eles são Deuses que vieram à terra para nossa libertação. Um belo trabalho de equipe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: