A maturidade emocional

A maturidade emocional é tão necessária quanto a mental e física. Negá-la, ocultá-la, educá-la via mental não vai funcionar.

O aprendizado é através de outro sensor
Acessos mentais, do tipo força do pensamento, conversa, etc…,  não são suficientes para a maturação emocional. Portanto, se seus sentimentos, suas crenças, suas necessidades sutis pedem um espaço de existência, nada será capaz de modificar essa emoção, ela traz em si uma força primordial –  a existência.

Quando o emocional falar, aquele setor responsável por suas escolhas mais íntimas, Continue lendo

Anúncios

O primeiro amigo verdadeiro

Todos os meus valores estavam ao chão. Com fúria, eu arrancava as lágrimas do rosto, lágrimas teimosas, como teimosas eram as palavras que eu dizia.
Não acreditava que todas as instruções que eu seguira, todas as certezas da vida, deixaram-me a beira do abismo de forma tão real. Se, toda a minha fé rolara ladeira abaixo, restando apenas minhas falhas, minhas debilidades, me bateu uma certeza de que não existe futuro, apenas uma parede em branco.
Sabe o que é alguém sem uma expectativa sequer?
Sem fé, sem metas, sem nada…
Todos aqueles que eu supunha amigos, desapareceram…

Sorte imensa eu me revelar como era, num momento em que planejava solidificar minhas relações. Fiquei tão só e o mundo não ficou frio, mas eu estava tão perdida.

E agora? Sem meta. Sem referências.
As experiências alheias não servem nessas circunstâncias, meus ouvidos ficaram ocos, tudo parecia apenas ecos sem sentido.

Foi assim… A revolta envolta em tristeza tomava conta de mim.
Deus?, uma vírgula! Não existe.
Deus… Só minha garra, minha força de trabalho. Dizia, limpando as lágrimas.

Foi assim que lhe conheci. Ria, um riso cristalino, límpido.
Ria do meu jeito de falar, com uma alegria tão pura, mas tão real.
Eu rebatia: como pode rir de uma criatura que perdeu todos os seus parâmetros? Você não viveu isso, por isso consegue rir.

Mas, você parecia saber de algo que eu desconhecia, tão tranqüilo e contagiante.

Não é possível, falou, sorrindo, Deus existe e deve ser perdidamente apaixonado por você. Ninguém fala com Deus com tanta intimidade, reclama, pede satisfações assim e esta distante dele. Você perdeu seu norte, algo assim. Ele deve estar rindo, como eu. Esta tão brava e mesmo assim fala com carinho, com um jeitinho que Deus deve estar pensando: Que pessoa mais linda!  Continuava a rir e contagiou-me com seu riso, suas certezas, com sua bela forma de olhar a vida.
Falo de suas palavras como me lembro, não como realmente falava. Como repetir o tom e as palavras impregnadas de tanta bondade, reveladas por uma característica devastadora de olhar o que a maioria não vê?

No momento em que perdi todos os meus amigos, conheci você. O meu primeiro amigo verdadeiro. E, claro, por mais mental e confiante na ciência que eu seja, seria impossível, hoje, provar para mim que Deus não existe, que não é meu amigo e que não me ama de forma verdadeira. Apenas o criador é capaz de colocar a meu lado um amigo, quando todos os supostos, desapareceram.

Deus se expressa através de um amigo. A amizade é um valor divino. O tempo de manifestação deles em nossas vidas também.

Viver Juntos

Um documentário que vi sobre mulheres, em uma prisão dos EUA, ficou ecoando e perturbando meus sentidos. É um assunto que evito, mas desta vez…

A maior punição para essas detentas é ficarem em uma cela, sozinhas. Sem contato com outras prisioneiras. Chegam a ficar isoladas por quase dois meses, se entendi bem. Não podem sair ao sol com as outras, não participam da alimentação coletiva. Passado algum tempo, elas sonham em co-habitar, conviver com uma colega de cárcere.

Acontece que essas mulheres são tão violentas que logo tentam impor-se umas as outras. Continue lendo

Ouro e Prata

Ao ouro é dedicado todo o brilho!
Ouro é a sabedoria, a luz que nos aquece e alumia.
Ouro é o toque, a permissão divina ao sol para vestir a humanidade
com seu manto de calor e luz.
Ouro é a visibilidade dos caminhos ao alcance do olhar.

Ouro e Prata Reflexões Continue lendo

Olhos imaturos

O céu azul profundo cravejado de brilhantes, só brilhantes, na sexta passada.

Olhar imaturoHoje, uma meia esfera enorme iluminada desenha-me a silhueta, acompanha meu caminhar. Imaturo olhar!  Disseste que ao céu caberia, apenas, pequenos brilhantes.  Hoje o sol revela tuas incapacidades.

Tomei-te por confiável, és a janela da alma!  Como é tão fácil te enganar?
O Sol sai para brincar de esconde-esconde e como criança desconsideras o que não brilha.  O que mais não registras?

Janela ilusória… Estarei revendo as minhas verdades.

Arquitetura de uma relação – Enriquecendo o contexto da conversa

Um espaço social bem configurado – Urbanismo digital

Rene de Paula colabora com suas percepções, para clarear o quanto há de “distanciamento” nas conversas por e-mail e fóruns. Ele comenta, que elas são carentes de informações que complementam as discussões, portanto, deve-se ter cuidados quanto a interação da pessoa ao discurso, em um cérebro alimentado só por palavras escritas.

Em conversa com uma amiga, confessava uma certa dificuldade em manter minhas posições de acordo com as características pessoais de quem fez o post no fórum. Continue lendo